Compromisso com a inclusão social

Preparar os jovens de baixa renda para o mercado de trabalho e oferecer a eles oportunidade para o primeiro emprego são os focos do programa Jovem Aprendiz do Citi, lançado em 2004. Para o Citi, a iniciativa é uma excelente oportunidade de desenvolvimento de jovens. Além disso, concretiza um dos compromissos da Organização, que é desenvolver as comunidades onde está inserido, gerando oportunidades capacitação, emprego e renda.

O programa Jovem Aprendiz oferece formação técnico-profissional com foco em práticas bancárias, cidadania e postura profissional. Já a formação profissional acontece nas diversas áreas de negócios do Citi. Atualmente, 89 jovens aprendizes trabalham na Organização; já participaram 386 aprendizes, com índices de efetivação que variam entre 20% e 30%.

Podem ser aprendizes jovens entre 14 e 24 anos que frequentam o ensino fundamental, médio ou que já tenham concluído pelo menos o ensino fundamental e estejam matriculados em uma Instituição credenciada ao Ministério do Trabalho e Emprego para a promoção da capacitação teórica de Jovem Aprendiz. No caso do Citi, para atender aos preceitos firmados pela Febraban, a Organização convencionou-se que, a idade mínima de entrada é de 16 anos e máxima de 22 anos (exceto para o caso de pessoas com deficiência).

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 116 outros seguidores