Concurso Cultural Um Convite Para Você

MariaRita

Concorra a 2 ingressos para o show da Maria Rita em São Paulo, dia 19/07.

Para participar, siga a página do Citibank: http://www.twitter.com/CitiBrasil. Depois é só mandar um tweet para @CitiBrasil utilizando a hashtag #UMCONVITE e completando a frase: “Assistir Maria Rita é um convite para…”

A frase mais criativa enviada até 17/07, às 12h, ganha os ingressos!

Veja o regulamento do concurso clicando aqui.

Aproveite e bom show!

Oportunidade de ouvir o novo trabalho do Nightwish

nightwishOs fãs já sabem: om 16 anos de carreira e mais de 8 milhões de álbuns vendidos no mundo, a banda finlandesa de metal Nightwish apresenta no próximo dia 12 de dezembro, no Credicard Hall, em São Paulo, o show da turnê de seu CD mais recente, Imaginaerum.
O Brasil tem estado sempre na rota do grupo, que apresentou-se pela última vez por aqui em 2008.

Lançado no final de 2011, Imaginaerum – sétimo álbum de estúdio da banda – já conquistou disco de ouro na Grécia, Polônia, Suíça, Eslováquia, Alemanha e Finlândia (platina múltipla). Sua turnê mundial teve início em janeiro deste ano, em Los Angeles (EUA), e já passou pela Rússia, Dinamarca, França, Suécia, entre outros países europeus.

O Nightwish já dividiu palcos com grandes nomes do heavy metal e do hard rock, como Iron Maiden, Mötley Crue e Scorpions. É hoje a banda finlandesa de maior sucesso internacional, com sete álbuns, cinco DVDs e três livros lançados. Atualmente, ainda prepara o lançamento do filme dirigido por Stobe Harju, de mesmo nome do mais recente trabalho do Nightwish, Imaginaerum. O roteiro do longa-metragem é baseado nas letras do álbum e a estreia na Finlândia está prevista para novembro.

Banda Creed toca pela primeira vez no Brasil

Os fãs brasileiros do Creed terão a oportunidade de ver a banda ao vivo pela primeira vez em novembro. Scott Stapp (vocal), Mark Tremonti (guitarra), Brian Marshall (baixo) e Scott Phillips (bateria) desembarcam no Rio de Janeiro para um show no Citibank Hall no dia 23, e em São Paulo, no Credicard Hall, dia 25.

“Após fazermos uma turnê incrível na América do Norte, estamos cheio de energia para nos reconectar com nossos fãs do exterior – uma oportunidade pela qual estávamos esperando há muito tempo – o que é verdadeiramente inspirador, através da conexão universal entre nossa música e nossos fãs, do coração da Ásia à América do Sul”, disse Scott Stapp.

Durante os 17 anos de carreira, o grupo já vendeu mais de 35 milhões de álbuns e recebeu o Grammy de Melhor Canção de Rock com a música “With Arms Wide Open”. Em abril de 2012, a banda celebrou o 15º aniversário do álbum de estreia, “My Own Prision”, com diversos shows nos Estados Unidos, tocando as canções dos dois primeiros álbuns da carreira.

Veja mais shows no Facebook Credicard É Show.

Maná volta ao Brasil em outubro

Com diversos prêmios Grammy no currículo, discos de platina e mais de 20 milhões de cópias vendidas ao redor do mundo, o Maná é definitivamente uma das bandas de rock latino mais bem sucedidas da atualidade. No Brasil, ficou ainda mais conhecida graças aos vários sucessos incluídos em trilhas de telenovelas, além da famosa versão de Corazón Espinado, do guitarrista Carlos Santana.

A banda mexicana vem ao país para duas apresentações em nossas casas: dia 23/10 no Citibank Hall no Rio de Janeiro, e dia 26/10 no Credicard Hall, em São Paulo.

A nova turnê mundial do grupo, Drama Y Luz, já visitou países como Israel, Itália, Espanha e EUA. No Staples Center, em Los Angeles, bateu o recorde de shows consecutivos na casa, com onze apresentações completamente esgotadas em abril deste ano.

Com o lançamento da última compilação, Exiliados en la bahía: Lo mejor de Maná, o quarteto formado por Fher Olvera (voz, guitarra e gaita), Juan Calleros (baixo), Alex “el Animal” González (bateria, percussão e voz) e Sergio Vallín (guitarra e voz) montou um show que reúne os maiores sucessos dos mais de 25 anos de carreira do grupo.

A origem do Maná remonta a um grupo chamado Sombrero Verde, formado pelos atuais membros do Maná Fher Olvera e Juan Calleros em Guadalajara, México. Além deles, o Sombrero Verde ainda contava com os irmãos de Juan, Ulises e Abraham.

Eles se juntaram em 1975 para tocar músicas de grupos que admiravam. The Beatles, Led Zeppelin, Rolling Stones e The Police são algumas das bandas que formaram a base musical do Sombrero Verde.

Após o lançamento de dois discos, em 1981 e 1983, o Sombrero Verde decidiu mudar de nome. Em meados dos anos 80, seus integrantes aposentam o chapéu mexicano e passam a se chamar Maná. O nome escolhido é uma palavra Polinésia que significa “energia positiva”. Coincidência ou não, logo após a troca do nome, o grupo assinou contrato com uma grande gravadora e começou a ganhar notoriedade mundial.

Mais sobre o Maná

Branca de Neve encanta nos palcos de São Paulo

A princesa Branca de Neve, aquela da pele branca como a neve, lábios carmim como sangue e cabelos negros como ébano, está na moda. Dois filmes recentemente em cartaz no Brasil trouxeram versões da história original dos Irmãos Grimm. A T4F traz para o Credicard Hall em São Paulo uma superprodução contando a história da personagem. “Branca de Neve e os Sete Anões” poderá ser vista nos dias 30 de junho (sábado, com sessões às 16h e 19h) e 1º de julho (domingo, às 16h).

Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do Credicard Hall, pela internet (www.ticketsforfun.com.br), pelo telefone 4003-5588 e nos demais pontos de vendas do país.

“Branca de Neve e os Sete Anões” tem direção de produção de Andréia Oliveira e produção geral de Billy Bond, à frente de uma equipe de mais de 50 profissionais, entre atores e técnicos. Conta ainda com 180 figurinos, 35 trocas de cenário e 18 toneladas em equipamento, além de recursos de gelo seco, telões em 3D, ilusionismo, pirotecnia e até sensoriais, com perfumes sendo exalados em cena – o chamado 4D.

O Conto
Para quem não lembra, uma rainha costurava, no inverno, ao lado de uma janela negra. Ao lançar o olhar para a neve , picou o dedo com a agulha, e três gotas de sangue pingaram sobre a neve, o que a deixou admirada e a fez pensar que, se tivesse uma filha, gostaria que fosse “alva como a neve, rubra como o sangue e negra como o ébano da janela”.

A rainha teve uma filha de descrições idênticas ao seu pedido. Mas morreu tão logo sua filha veio ao mundo. O pai deu à filha o nome de Branca de Neve e logo tornou a se casar, desta vez com uma mulher arrogante, esnobe e vaidosa, possuidora de um espelho mágico que só falava a verdade.

Constantemente a rainha consultava seu espelho, perguntando quem era a mais bela reino, ao que ele sempre respondia: “Senhora Rainha, vós sois a mais bela”. Quando Branca de Neve fez 17 anos, porém, a resposta deixou de ser a habitual: “Você é bela, rainha, isso é verdade, mas Branca de Neve possui mais beleza”.

Furiosa, a Rainha chamou seu caçador, ordenou que ele matasse a enteada e lhe trouxesse seu coração como prova. Mas nem tudo corre como o planejado e Branca de Neve consegue refúgio na floresta, numa casa onde viviam sete anões. A Rainha, por sua vez, não se dá por vencida: descobre que a primeira tentativa deu errado e resolve enfeitiçá-la com uma maçã. Ela até consegue, mas um príncipe aparece para salvar Branca de Neve e garantir o final feliz. Menos para a Rainha, é claro. Mesmo sabendo do final, a produção vale à pena.

Serviço:

BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES

Datas: Sábado, 30 de junho de 2012; Domingo, 1º de julho de 2012.
Horários: Sábado, 16h e 19h (duas sessões); Domingo, 16h.

Local: Credicard Hall – São Paulo (SP)
Av. das Nações Unidas, 17955 – Santo Amaro.
Capacidade: 3.820 lugares
Ingressos: de R$ 40 a 200
Duração: Aproximadamente 1h40

Classificação etária: Livre (acompanhado dos pais ou responsáveis legais). A partir de 12 anos desacompanhados. Crianças de colo até 1 (um) ano de idade não pagam ingresso. Crianças até 12 anos pagam meia-entrada.
Abertura da casa: 1h30 antes do espetáculo
Acesso para deficientes
Ar condicionado

Creedence Clearwater Revisited faz show neste domingo

Muito mais que uma banda de rock, a Creedence Clearwater Revisited marcou momentos e gerações. Eles estão de volta, num show neste domingo (25/3), no Credicard Hall, em São Paulo. O show promete dar a seus fãs um clima nostálgico, com grandes sucessos, desde 1968.

A banda é composta por dois integrantes originais do Creedence Clearwater Revival, o baterista Doug Clifford e o baixista Stu Cook, além de músicos de apoio, que garantem apresentações com muita energia e vibração. Serão relembrados hits dos álbuns do banda, como Susie Q, Lodi, Down On The Corner, Fortunate Son e Who´ll Stop The Rain.

Para mais informações, clique aqui.

Abaixo você confere a apresentação ao vivo de “Proud Mary”:

Bob Dylan e Duran Duran chegam ao Brasil em abril

O mês de abril promete ser especial. Dois ícones internacionais estão chegando ao país para realizarem suas turnês.

Considerado um dos músicos e compositores mais influentes, há 5 décadas, Bob Dylan inicia sua turnê dia 15 de abril, no Citibank Hall, Rio de Janeiro. Nos dias 21 e 22 de abril, é a vez dos palcos paulistanos, com show realizado no Credicard Hall. O cantor passa por mais três cidades brasileiras e garante uma apresentação nostálgica.

A outra surpresa fica por conta da banda de sucessos dos anos 80 e 90: Duran Duran. Eles se apresentam ao público carioca no dia 30 de abril, no Citibank Hall, e em São Paulo, dia 2 de maio, no Credicard Hall. A banda, que soma mais de 80 milhões de discos vendidos, volta ao Brasil para divulgar seu mais recente álbum “All We Need Is Now”.

Clientes Citibank, Credicard e Diners possuem pré-venda exclusiva, que acontece até este domingo, dia 4 de março. Vai perder?

O público em geral poderá adquirir ingressos a partir de 5 de março. Para mais informações sobre os shows, clique Bob Dylan –  aqui ou Duran Duran – aqui.

Desejamos à todos vocês um ótimo show!

Capital Inicial no Credicard Hall à sua maneira

No dia 11 de fevereiro acontece no Credicard Hall, em São Paulo, o show da banda de rock Capital Inicial. Com quase 30 anos de carreira, a banda promete fazer um espetáculo inesquecível para os fãs.

Em 2011, a banda participou do Rock in Rio, e com votação do público foi eleita como uma das melhores apresentações do evento. “Em São Paulo, esse mesmo show será reproduzido no Credicard Hall”, promete Dinho Ouro Preto, vocalista da banda.

O repertório conta com clássicos como Natasha, Primeiros Erros e Música Urbana, além das novas canções do recente álbum Das Kapital. Quer participar do show?

O perfil Credicard é Show no Twitter está realizando um concurso cultural que presenteará um ganhador com um par de ingressos. Aproveite a chance e participe! Confira as informações.

Boa sorte!

Bailão do Ruivão no Credicard Hall

O Credicard Hall recebe neste sábado o projeto do cantor Nando Reis e a banda Os Infernais: o Bailão do Ruivão.

O projeto contou com diversos ensaios e a “difícil” escolha de canções que fizeram não só parte da sua trajetória como músico, mas também da sua vida. “O Bailão é como uma espécie de alívio também, um distanciamento de mim”, diz o cantor.

Em 2010, o Bailão do Ruivão virou DVD e o repertório do show conta com sucessos como “Chorando se foi”, “Frevo mulher” e “Sou Dela”. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria da casa de espetáculos, pela internet e no telefone (11) 4003-5588. Para mais informações, clique aqui.

James Blunt apresenta turnê de novo disco

Com última passagem pelo Brasil em 2009, o cantor britânico James Blunt retorna ao país com turnê do disco “Some Kind Of Trouble”. Os shows reunem grandes sucessos como “You’re Beautiful”, “Same Mistake” e singles como “I’ll Be Your Man” e “Stay The Night”, que chegou a ser top 10 em vários países.

Em São Paulo, o show aconteceu no Credicard Hall, dia 16 de janeiro; no dia 20 de janeiro, sexta-feira, é a vez do Citibank Hall no Rio de Janeiro. Outras datas e informações você pode obter clicando aqui.

Abaixo você confere um dos grandes sucessos de James Blunt, “Same Mistake”: