Flash econômico: investimentos estrangeiros compensam déficit de transações correntes

O déficit em transações correntes foi de US$ 5,4 bilhões em outubro, resultado pior do que a nossa e as expectativas do mercado. O montante acumulado em 12 meses acumulada atingiu US$ 52,2 bilhões, o que representa 2,27% do PIB. Apesar de abaixo do esperado, esse resultado ele reforça a visão de que o déficit em transações correntes será facilmente financiado por entradas de investimentos estrangeiros, que somaram US$ 66 bilhões nos últimos 12 meses.

Pontos-chave

Em outubro, o saldo da balança comercial atingiu US$ 1,7 bilhão; balança de serviços e rendimentos registraram um déficit de US$ 7,4 bilhões; enquanto as transferências unilaterais alcançaram US$ 0,3 bilhão.

Dentre a contas de serviços e rendimentos, os lucros e dividendos atingiram saldo de US$ 2,4 bilhões, enquanto déficit de viagens internacionais somaram US$ 1,5 bilhão, com juros líquidos em US$ 1,1 bilhão.

Os fluxos de investimentos estrangeiros diretos ficaram em US$ 7,7 bilhões em outubro, melhor do que as nossas expectativas (US$7 bilhões) e as do mercado (US$ 6 bilhões). Nos últimos 12 meses, as entradas de investimentos estrangeiros somaram US$ 66 bilhões, mantendo-se significativamente maior do que o déficit em transações correntes (US$ 52,2 bilhões) durante o mesmo período.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: