Nossa avaliação: regras da poupança e taxa Selic

Estimamos uma baixa significativa da Selic até o final do ano.

Baixamos nossa estimativa da Selic para 7,75% até o final de 2012 (anteriormente em 8,50%). Os fracos dados da atividade econômica e as novas regras para a caderneta de poupança abrem as portas para cortes mais agressivos na taxa Selic. Nossa opinião é que o Copom está muito sensível à atividade econômica, uma vez que acredita que a inflação está sob controle. Acreditamos que o Banco Central (BC) vai cortar 50 pontos em cada uma das duas próximas reuniões do Copom. Também é provável que faça um corte extra de 25 pontos para acabar com o ciclo de flexibilização em agosto.

Pontos-chave

A percepção de fraca atividade econômica foi agravada com o resultado da produção industrial que caiu 0,5% mês ante mês em março, abaixo da nossa e das expectativas do mercado, após uma tentativa de recuperação do mês anterior. As variações mensais deste índice tendem a ser voláteis, influenciadas por fatores temporários. No entanto, a perspectiva para a este setor continua fraca.

Mantemos a perspectiva de crescimento do PIB em 3,3% para o final de 2012. Não acreditamos que este resultado da produção industrial vá alterar nossa previsão de crescimento do PIB para o 1º trimestre deste ano (de 0,8%), pois as vendas no varejo mostram forte resiliência, equilibrando os indicadores. Entretanto, os fracos resultados da produção industrial, mais o enfraquecimento de novas concessões de crédito, especialmente empréstimos de automóveis, podem comprometer um possível forte crescimento no segundo semestre. Se, em algum dos próximos trimestres a economia não alcançar mais de 1% de crescimento (trimestre ante trimestre), há risco de não se chegar ao percentual de crescimento de 3% em 2012.

Poupança

De acordo com vários jornais, o Presidente Dilma tomou a decisão de alterar as regras para novas depósitos em cadernetas de poupança porque a Selic está se aproximando de um limite no qual todos os fundos indexados a ela (Selic) podem se tornar menos rentáveis do que a poupança, que tem um rendimento fixo líquido de 6,17% ao ano.

As novas regras para a caderneta de poupança abrem espaço para uma redução ainda maior da taxa Selic para baixo de 8,50%. A mudança reforça nossa perspectiva da Selic chegar a 7,75% em 2012.
Até ontem, a poupança oferecia uma remuneração fixa de 6,2% ao ano mais TR, que é uma taxa variável relacionada aos retornos CDB de um conjunto de instituições. Além disso, os depósitos em caderneta estão isentos de imposto de renda.

De acordo com a nova regra, a remuneração fixa de 6,2% ao ano (0,50% ao mês) será substituída por 70% da Selic, quando esta for de 8,50% ou abaixo deste percentual. A TR e a isenção do imposto de renda permanecem inalteradas. Quando a Selic ficar acima de 8,50%, o retorno permanecerá como antes (6,2%, mais TR). A nova regra só é válida para os novos depósitos.

No caso de uma queda na taxa Selic para níveis abaixo de 8,50%, esta alteração é necessária para evitar uma migração maciça de ativos de títulos do governo vinculados à taxa, bem como dos fundos de investimento que cobram taxa de administração.

A decisão da presidente Dilma em mudar as regras da caderneta de poupança apesar dos custos políticos, dado que este ano haverá eleições municipais, revela grandes preocupações com relação à atividade econômica do Brasil, bem como uma forte intenção em permitir uma redução da taxa Selic para níveis mais próximos dos padrões internacionais. Na verdade, deixando de lado os níveis elevados de popularidade de Dilma, a manutenção da velha regra para os depósitos atuais tende a limitar uma reação negativa da população.

BBC

Jornal Hoje

G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: