Nunca poupei, o que fazer?

*Por Eduardo Forestieri

Recebemos a seguinte questão de um de nossos leitores:

“Tenho 65 anos e logo vou precisar parar de trabalhar. No entanto, nunca parei para pensar no futuro – não poupei, não tenho previdência privada, e nenhum tipo de investimento. O que eu preciso fazer para garantir ao menos uma velhice digna?”

A primeira coisa a pensar é que nunca é tarde – é mais difícil, mas não é tarde. Provavelmente você já está em uma fase em que os gastos são menores: não há despesas com educação de filhos, geralmente já tem ao menos um imóvel próprio. Mas, sem dúvida, os gastos com saúde aumentam a partir de agora. Então, a primeira dica que eu posso lhe dar é: separe uma parte dos seus rendimentos para ter um seguro saúde ou assistência médica. Isso é fundamental nessa fase da vida.

Outra dica é aproveitar todos os privilégios reservados à terceira idade: desde utilizar o transporte público gratuitamente até pagar meia entrada no cinema e no teatro, garantindo um pouco de diversão. Busque também as associações voltadas para esse grupo, que geralmente oferecem uma série de benefícios e atividades para que as pessoas se mantenham ativas e preservem o contato social, o que também faz bem para a qualidade de vida.

Se tiver alguma sobra nos seus rendimentos, não arrisque esse capital. Procure investimentos conservadores e poupe, mesmo que seja um valor mínimo, mas que ainda poderá garantir uma viagem ou a realização de qualquer outro sonho no futuro. Se não houver sobras, tente viver dentro de um equilíbrio orçamentário.

Um dos grandes receios das pessoas é chegar na terceira idade e depender da geração mais nova para o seu sustento. Quanto antes você se preocupar com isso, menores as chances de passar por esse problema. Mas, uma vez que o tempo passou e você chegou lá sem nenhuma poupança, a primeira preocupação é viver dentro do orçamento, a segunda garantir um seguro saúde e, depois, se sobrar algum dinheiro, poder aproveitar um pouco dessa fase da vida, que deveria ser a de menos preocupações.

 

Eduardo Forestieri, CFP®, Superintendente de Produtos de Investimentos do Citi Wealth Management

Os especialistas do Citi estão à disposição para responder as perguntas de nossos leitores. É só deixar sua dúvida nos comentários do blog. Todos os especialistas do Citi que responderem as perguntas desta seção são certificados com o CFP – Certified Financial Planner, concedido pelo IBCPF – Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: