Qualquer tipo de transação financeira que você faça no exterior está registrada no Balanço de Pagamentos

* Por Leonardo Porto

É possível definir resumidamente o Balanço de Pagamentos como o registro de todas as transações legais de um país com o resto do mundo durante um determinado período de tempo.
Ele é composto por três principais componentes:

– A Balança de Transações Correntes, que registra as transações com mercadorias e serviços ao exterior, bem como as diversas formas de rendimentos do capital e mão de obra;

– A Balança de Capitais , na qual são registadas as transações financeiras com o exterior;

– As Reservas Internacionais.

Entenda-se por transações legais do país com o exterior todas as movimentações comerciais e/ou financeiras, tanto públicas quanto privadas. Suas compras internacionais no cartão de crédito ou a compra de dólares para sua viagem ao exterior também estão contabilizadas no balanço de pagamentos.

São inúmeros os exemplos que podemos citar para exemplificar o que está registrado no balanço de pagamentos. Vamos a alguns deles: o CitiBrasil remeteu lucro para o Citi em Nova York; o governo brasileiro pagou uma dívida para um investidor estrangeiro ; uma indústria exportou matéria prima a outro país e importou alguns componentes do exterior; um brasileiro que mora no exterior decidiu ajudar a família mandando dinheiro para o Brasil via conta bancária; o Brasil fez uma doação de alimentos a outro país, e por aí vai.

Mas como poderíamos subdividir a balança de transações corentes: Em geral, está possui três subcontas: (1) a balança comercial que é o resultado das exportações e importações de bens; (2) a balança de serviços e rendas, que considera os resultados das transações de serviços (fretes, viagens, etc) e remuneração do capital (lucros, aluguel e juros) e mão de obra (salários de brasileiros que trabalham em outro país ou estrangeiros que trabalham no Brasil) com o exterior e (3) transferências unilaterais, em geral donativos que são feitos entre as economias.

Complexo? Mas o mais importante é saber qual a importância do balanço de pagamentos na economia dos países. Na próxima semana falaremos sobre isso.

Leonardo Porto de Almeida é economista sênior do Citi desde agosto de 2008; mestre e doutor em Teoria Econômica pela FEA/USP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: