A arte de investir no sapato ideal

*Por Renata Pacheco

Posso garantir que não há um homem que não tenha se perguntado alguma vez: “Por que as mulheres precisam de tantos sapatos?”. Ou, pior, disparam sem rodeios para a esposa: “Por que você precisa de mais um sapato? Já não tem dezenas deles no armário?”.

Mas nós conhecemos bem a sensação maravilhosa de comprar aquele sapato lindo, perfeito, que todas as nossas amigas – e inimigas – vão olhar e comentar (mesmo que para si mesmas): “Olha aquele sapato!” É um sentimento de segurança, de confiança, de sentir-se bonita. Um sapato pode fazer uma simples roupa de destacar. Ah! E claro, pés não engordam facilmente. Então, mesmo que a calça tenha aumentado dois números, o sapato continua fiel a você.

É assim que eles poderiam nos explicar investimento. Eles são como sapatos. E, portanto, devem nos trazer as mesmas sensações: segurança, confiança, fidelidade. Ou isso, ou não queremos nem saber.

Outra coisa que os homens não entendem é que cada sapato tem uma finalidade muito específica: um é para trabalhar, outro para ir ao shopping com a amiga, outro para a aula de Pilates, para a corrida, para ir ao clube, ao cinema, jantar fora… e, claro, é preciso ter sapatos de várias cores e modelos para que combinem com o look e o humor do momento.

A lógica de investir é a mesma: cada modalidade é mais adequada a um objetivo específico. Assim como existe o melhor sapato para trabalhar, há o melhor investimento quando está se pensando em aposentadoria, por exemplo. E você também pode precisar de mais de um, quando quer dividir o seu dinheiro para objetivos diferentes. Pode ter certeza que a diversidade de investimentos é quase tão grande quanto a coleção de sapatos que você tem no armário! Daí que dá para enxergar o seu gerente como “aquela” vendedora pode ajudá-la a encontrar o modelo mais adequado às suas necessidades.

Outro ponto importante na hora de investir é sentir-se confortável. Não adianta nada um sapato ser lindíssimo, se vai fazer o pé doer a noite toda! Também com os investimentos, não basta olhar a rentabilidade e ver que alguns fundos de ações se valorizaram quase 20% ao ano, se você não se sente confortável com o sobe e desce desse mercado tão volátil. Seria como alguém que gosta de sapatilhas resolver colocar salto 15. Escolha um sapato, digo, investimento, que você “esqueça que está no pé”, de tão tranquila que irá se sentir com a opção para seu dinheiro.

Todas nós, mulheres, precisamos dos nossos sapatos…ops! De investimentos para garantir no futuro a qualidade de vida que temos hoje. Na hora de escolher, faça sua opção por aqueles que atendem seus objetivos e sejam confortáveis para seu perfil. Como faz com os sapatos!

 

* Renata Pacheco é jornalista, escreve para o segmento financeiro há 16 anos e colabora com o conteúdo das redes sociais do Citi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: