Décimo terceiro: gaste, mas deixe uma sobra para investir

Dez entre dez reportagens que a mídia tem publicado sobre o 13º salário aconselham que se paguem as dívidas em primeiro lugar, depois reserve o restante do dinheiro para ser investido. É o conselho mais acertado, considerando que o Brasil tem uma das maiores taxas de juros do mundo e que grande parte dos brasileiros passa a vida lidando com prestações, empréstimos e pagamento do valor mínimo do cartão de crédito.

Mas no fundo, no fundo, uma boa parte de nós quer aproveitar este rendimento extra para comprar presentes de Natal, renovar a decoração da casa para receber visitas, oferecer uma ceia farta e, ainda, viajar no Ano Novo. “As dívidas podem ficar para o ano que vem e o investimento…bom, quando sobrar algum dinheiro…”

Vamos, então chegar a um acordo: use, sim, o 13º salário para as festas de final de ano. Mas gastando bem, é possível reservar uma parte para ao menos amortecer uma dívida grande e para iniciar um pequeno investimento. Vamos colocar em percentuais: 40% para Natal e Ano Novo, 35% para dívidas e o restante investido. Mesmo poucas quantias podem ser o princípio de um excelente e fundamental hábito: poupar. Veja algumas dicas:

  • Se você não fez as compras de Natal ainda, que tal sugerir à família uma antiga tradição: trocar os presentes no Dia de Reis (6 de janeiro). Foi neste dia que o Menino Jesus recebeu seus presentes. Ainda é uma nova oportunidade de reunir os amigos. E você aproveita a semana de descontos que acontece logo depois do dia 25.
  • Escolha uma loja versátil e compre os presentes num lugar só. Fica mais fácil barganhar descontos com grande quantidade de produtos adquiridos.
  • Ofereça sua casa para o Natal e combine com os convidados para trazerem os pratos. A contribuição de cada um formará uma bonita ceia.
  • Se a família é grande, sugira um amigo secreto: assim você não precisa comprar presentes para todo mundo e ninguém ficará sem receber uma lembrança.
  • Monte o cardápio de Natal e Ano Novo e faça as compras dos alimentos com antecedência. Use receitas com hortifrutis de época, seja ousado e substitua o tradicional chester ou peru que sempre estão mais caros nesta época. Peixe ou uma carne bovina bem feitos podem ser uma excelente opção.
  • Criatividade também pode ser usada na decoração. Com bom gosto é possível trazer o espírito do Natal e do Ano Novo para dentro de casa sem gastar muito.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: