Brasil deverá ter a taxa de desemprego mais baixa da história em termos dessazonalizados

A taxa nacional de desemprego deve reduzir para 6,3% em maio (de 6,4% em abril). Em uma base ajustada sazonalmente, essa estimativa significa uma ligeira queda da taxa de desemprego para 5,9% (de 6% em abril), o que seria o nível mais baixo alcançado pela série histórica. Sobre o crescimento do emprego, esperamos uma leve aceleração para 2,4% (de 2,3% em abril), enquanto a expansão da força de trabalho deve desacelerar para 1,1% em maio (era 1,4% em abril).

A inflação medida pelo IPCA-15, que considera os primeiros quinze dias do mês de junho, deverá ser de 0,16%, de acordo com nossas estimativas. Isso significaria uma queda considerável na taxa de inflação, em comparação com o mês de maio (0,70%).

A principal pressão para baixo deve vir de transporte, refletindo a reversão dos preços dos combustíveis, após o choque de oferta de etanol. Os preços dos alimentos contribuirão para reduzir a inflação, por conta da sazonalidade favorável e a recente queda nos preços das commodities. Os preços de habitação e saúde também devem desacelerar. No entanto, não esperamos que o núcleo da inflação melhore na mesma proporção, uma vez que a demanda interna ainda está forte.

Já o IGP-10 veio um pouco abaixo do consenso, com deflação de -0,22% em junho. Os preços no atacado caíram -0,69%, impulsionados por uma forte queda nos preços agrícolas (de -1,20%, em maio, para -2,79%, em junho) e pela desacelaração do IPA industrial, que refletiu principalmente no declínio dos preços dos combustíveis e alimentos. A queda atual nos preços do atacado deve contribuir para melhorar a inflação no curto prazo. No entanto, é importante notar que já existem sinais de reversão nos preços agrícolas na margem.

De acordo com a Fipe, o IPC de São Paulo, na segunda quadrissemana de junho, registrou deflação de -0,08%. Essa prévia aponta para uma taxa de inflação muito baixa neste mês e as previsões de inflação para 2011 vêm caindo. No entanto, uma vez que as principais pressões descendentes são consideradas transitórias, a expectativa para 2012 é que a inflação ainda permaneça acima da meta de 4,5%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: